Connect with us

Fast Food

Editora moçambicana Trinta Zero Nove em destaque no Brasil

Publicado

aos

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou no dia 9 de Novembro a lista dos semifinalistas da 65ª edição do Prémio Jabuti, a mais importante premiação nacional do livro e referência no mercado editorial brasileiro.

Segundo o comunicado de imprensa que tivemos acesso,  das 4.245 obras inscritas, foram seleccionados dez semifinalistas para cada uma das 21 categorias, que são distribuídas em quatro eixos: literatura, não ficção, produção editorial e inovação, onde a Trinta Zero Nove, consta na lista dos semi-finalistas na categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior do eixo produção editorial.

Da lista do livros que levaram a editora a esse sucesso, encontramos o Caderno de rimas do João e Caderno sem rimas da Maria, da autoria do actor e realizador Baiano, Lázaro Ramos, e ilustrados por Maurício Negro. Estes livros infanto-juvenis são uma ode do autor aos seus filhos, João e Maria, com neologismos e mensagens para inspirar auto-estima e valorização nas crianças negras.

O cabelo de Cora, da autoria de Ana Zarco Câmara e ilustrado por Taline Schubach, um livro que, segundo a autora, não é sobre princesas, fadas, bruxas, monstros, animais que falam, super-heróis ou lendas de folclore, mas busca antes reafirmar a beleza dos cabelos crespos.

Publicadas no Brasil entre 2016 e 2018 pela Pallas Editora, as mesmas foram publicadas pela ETZN em 2022 em edições bilingues de Português e Changana, Sena e Macua.

Hubert Alquéres, curador do prémio, disse: “Chegar aos dez melhores em cada categoria não foi uma tarefa fácil, diante da grande qualidade das obras inscritas. O júri enfrentou o desafio com competência e nos entrega uma lista admirável”.

Os projectos conjuntos da Pallas Editora e da Editora Trinta Zero Nove são os únicos infanto-juvenis da lista, além de únicos projectos em línguas Bantu e concorrem com sete romances e obras de não ficção publicados no Médio Oriente, EUA, Itália, Portugal, Argentina e Reino Unido.

A reacção de Lázaro Ramos, numa mensagem de áudio enviada para Sandra Tamele, foi mais emotiva: “Que coisa mais linda… Eu soube agora, estou muito feliz. Parabéns, parabéns, arabéns… Estou muito feliz com este projecto.”

Já Ana Zarco Câmara disse: “Parabéns para nós! Que notícia mais querida. Tenho que processar na mente. Viva Cora! Viva a Trinta Zero Nove e as nossas crianças!”

Os finalistas serão conhecidos no dia 21 deste mês, sendo cinco em cada categoria. Os vencedores – o que inclui o título de Livro do Ano – serão apresentados ao público na noite de 5 de dezembro, em um evento no Theatro Municipal de São Paulo.  

Com este feito a editora, torna-se na primeira editora dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) com três títulos entre os semi-finalistas do Prémio Jabuti.

Continuar a ler

Fast Food

Morre Chude Mondlane, cantora moçambicana e filha de Eduardo Mondlane

Morre Chude Mondlane, filha do fundador da FRELIMO, aos 66 anos

Publicado

aos

Morreu filha de Eduardo Mondlane, FREL;IMO

Jennifer “Chude” Mondlane, cantora e filha mais velha do arquiteto da Unidade Nacional, Eduardo Mondlane, faleceu na madrugada desta segunda-feira, 24 de junho, aos 66 anos. 

Chude estava internada em uma clínica em Morningside, Johannesburg, na África do Sul, onde lutava contra uma doença, segundo escreve o canal de Moçambique. 

Chude Mondlane, ao contrário dos outros dois filhos do casal Mondlane, escolheu trilhar um caminho distante da política e dos negócios familiares. Com uma formação em Antropologia e Estudos Africanos, ela se dedicou à carreira artística, dividindo sua vida entre Moçambique, África do Sul e Estados Unidos. 

Reconhecida por sua contribuição na indústria cultural, Chude Mondlane era uma figura conhecida na música, tanto como cantora quanto artista performática e promotora musical.

Continuar a ler

Fast Food

Mr Bow finalmente segue Fred nas suas redes sociais 

Publicado

aos

Mr Bow e Fred

Após um longo período de desentendimento e falta de comunicação, o músico moçambicano Mr. Bow e o apresentador Fred Jossias finalmente resolveram suas diferenças e retomaram a amizade em directo.  

Além de reatarem a amizade, Mr. Bow deu um passo significativo ao começar a seguir as redes sociais do “Fred Jossias Show”, mostrando publicamente a reconciliação. 

Continuar a ler

Fast Food

Allan revela que Trovoada é mais assíduo nas batalhas do que Epaitxoss

Publicado

aos

Há um mês Epaitxoss, gladiador moçambicano apontou Trovoada, 16 Cenas e Rasta Altafo, como lambe botas do CEO da RAPÓDROMO, Allan, e por isso eram convocados as batalhas internacionais, apesar de não merecerem.

Segundo Epaitxoss, a falta de participação desses artistas em batalhas de rap no território nacional os desqualifica para o título de “reis” do rap moçambicano. 

Mas agora, a narrativa ganha outro rumo com a posição de Allan sobre o assunto que afirmou em seu podcast, que a razão pela qual Epaitxoss não é convocado para batalhas internacionais é simples, “não participa dos treinos”.

Continuar a ler